segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Mudanças no horizonte

Apesar do bom fluxo deste blog, é muita coisa para administrar...
Por isso, em breve, as postagens daqui serão transferidas para www.pastorjarbas.blogspot.com.
Aproveitarei para corrigir bugs que foram surgindo ao longo dos anos, como provedores que pararam de existir e apagaram as músicas que lá estavam.
Então, acesse, e siga www.pastorjarbas.blogspot.com...
No youtube, canal específico para as músicas: Coral, e as novidades serão postadas aqui...
Entretanto, muita coisa de música está aqui também (Jarbas Hoffimann), porque só tinha esse canal...

sábado, 18 de junho de 2016

Entrega tudo a Deus (1)

Letra: Nestor Welzel, 1977 (Sl 37.5)
Música: Nestor Welzel, 1977
Cifras: Romildo Wrasse, 2000

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

Letra:

1.
Entrega o teu caminho ao Senhor.
Confia nele.
O mais ele fará. O mais ele fará.

2.
Entrega o teu problema ao Senhor.
Confia nele.
O mais ele fará. O mais ele fará.

3.
Entrega a tua vida ao Senhor.
Confia nele.
O mais ele fará. O mais ele fará.

Partitura autorizada pela Editora Concórdia

 

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Os dois alicerces

Letra: Nestor Welzel, 1972 (Mt 7.24-27 e Lc 6.46-49)
Música: Valdo Weber, 1997
Arranjo: Romildo Wrasse, 2009

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

Letra:

1.
Homem sábio sua casa
sobre a rocha construiu.
Fortes chuvas se abateram
e tormentas com furor.
Mas a casa, bem firmada,
resistiu, e não tombou.
Mas a casa, bem firmada,
resistiu, e não tombou.

2.
Homem tolo sua casa
sobre areia construiu.
Fortes chuvas se abateram
e tormentas com furor.
Essa casa, mal segura,
com estrondo desabou.
Essa casa, mal segura,
com estrondo desabou.

3.
Toda gente que despreza
a palavra do Senhor,
é igual àquele tolo:
vê a casa desabar.
Mal firmada, sobre areia,
só ruína vai restar.
Mal firmada, sobre areia,
só ruína vai restar.

4.
Toda gente que confia
em Jesus, o Redentor,
é igual àquele sábio:
sobre a rocha firme está!
Sua casa é bem segura;
ela nunca tombará.
Sua casa é bem segura;
ela nunca tombará!

Partitura autorizada pela Editora Concórdia

 

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Os Talentos (1) [Os três empregados]

Letra: Nestor Welzel, 1972 (Mt 25.14-30)
Música: Valdo Weber, 1997

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

Letra:

1.
De seu país um rico,
por tempo, se ausentou.
Mas antes da partida,
seus servos convocou.
Confiou-lhes bens rendosos,
deviam trabalhar,
e ao dono, em sua volta,
bom lucro apresentar.

2.
A um talentos cinco,
a outro dois cedeu,
mas ao terceiro servo
um só talento deu.
À prestação de contas,
na volta, os três chamou.
Louvou os dois primeiros,
ao outro reprovou.

3.
Quem teve um só talento,
sem juro o devolveu;
guardado numa cova,
de nada lhe valeu.
Os dois primeiros servos,
com lucro cada qual,
em dobro devolveram,
ao dono o capital.

4.
Lançando fora o indigno,
o dono lhe bradou:
- Ó servo negligente,
por que não trabalhou?
Aos homens dedicados,
maiores bens cedeu,
a cargos elevados,
com honra, os promoveu.

Partitura autorizada pela Editora Concórdia

quarta-feira, 15 de junho de 2016

O Caminho (1)

Letra: Nestor Welzel, 1978 (Jo 14.6)
Música: Nestor Welzel, 1978
Cifras: Valdo Weber, 1978

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

Letra:
"Eu sou o caminho, a verdade e a vida,
ninguém vem ao Pai se não por mim,
ninguém vem ao Pai se não por mim,
ninguém vem ao Pai se não por mim".

"Eu sou o caminho, a verdade e a vida,
ninguém vem ao Pai se não por mim,
ninguém vem ao Pai se não por mim,
ninguém vem ao Pai se não por mim".

Partitura autorizada pela Editora Concórdia


terça-feira, 14 de junho de 2016

Onde estão os nove? (1ª)

Letra: Nestor Welzel, 1975 (Lc 17.11-19)
Baseado em "Wo sind die Neun?", de autor desconhecido
Música: Nestor Welzel, 1994
Cifras: Romildo Wrasse, 2000

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

Letra:

1.
Chega de longe, dorida, esta voz:
Mestre Jesus, tenha pena de nós!
Dez são curados, e todos se vão.
Um só voltou. Os demais, onde estão?
Um entre dez. Um entre dez.
Nove não voltam. Onde estarão?
Um entre dez. Um entre dez.
Muitos não voltam. Volte você!

2.
Um só voltou e deu glória ao bom Deus;
nove esqueceram a bênção dos céus.
Cristo então disse: Só este voltou?
Ergue-te e vai, tua fé te salvou!
Um entre dez. Um entre dez.
Nove não voltam. Onde estarão?
Um entre dez. Um entre dez.
Muitos não voltam. Volte você!

3.
Velhos e jovens, não é só rogar;
é das terrenas paixões se livrar,
é a pureza buscar junto à cruz,
é voltar logo e ficar com Jesus!
Um entre dez. Um entre dez.
Nove não voltam. Onde estarão?
Um entre dez. Um entre dez.
Muitos não voltam. Volte você!

4.
Vejo os ingratos no mundo aos milhões;
devo falar e dizer às nações:
Lembrem o estranho que a Deus deu louvor,
vamos com ele louvar o Senhor!
Um entre dez. Um entre dez.
Nove não voltam. Onde estarão?
Um entre dez. Um entre dez.
Muitos não voltam. Volte você!
Volte você!

Partitura autorizada pela Editora Concórdia

  

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Louvai o Criador! (1) [A onda vem a onda vai]

Letra: Nestor Welzel, 1994 (Gn 1.1; 1.31)
Música: Nestor Welzel, 1994

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

Letra:

A onda vem, a onda vai,
e sopra o vento, a chuva cai.
É linda a terra, é belo o mar.
O Criador vinde adorar!

1.
Louvai o Criador!
Fez ele tudo bem.
O homem só é predador,
e poluidor também.
A onda vem, a onda vai,
e sopra o vento, a chuva cai.
É linda a terra, é belo o mar.
O Criador vinde adorar!

2.
Louvai o Criador!
E vamos conservar
a natureza, com amor:
o ar, a terra, o mar.
A onda vem, a onda vai,
e sopra o vento, a chuva cai.
É linda a terra, é belo o mar.
O Criador vinde adorar!

3.
Louvai o Criador!
Queremos entender
a natureza e seu valor,
e a terra proteger.
A onda vem, a onda vai,
e sopra o vento, a chuva cai.
É linda a terra, é belo o mar.
O Criador vinde adorar!

Partitura autorizada pela Editora Concórdia

 

domingo, 12 de junho de 2016

Os Talentos (2) [Aplico os meus talentos]

Letra: Nestor Welzel, 1972 (Rm 12.3-8)
Música: Valdo Weber, 1997

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

Letra:

1.
Converso assim comigo:
- Talentos Deus me deu,
e quer que eu tudo aplique,
aqui, no Reino seu.
Jesus me diz bondoso:
- Morri na cruz por ti,
e indaga esperançoso:
- Que fazes tu por mim?

2.
Comigo sempre falo:
- Eu tenho tempo e dons;
possuo bens e a vida;
são mil talentos bons.
Entrego tudo a Cristo;
pertenço ao Redentor!
Aplico os meus talentos,
na igreja do Senhor.

3.
Repito agora e sempre:
- Jesus por mim sofreu,
por mim, que não mereço,
por mim, na cruz morreu!
Sou dele todo agora;
a Cristo me entreguei.
Com todos meus talentos,
a Cristo servirei!

Partitura autorizada pela Editora Concórdia

sábado, 11 de junho de 2016

O cego de Jericó

Letra: Nestor Welzel, 1976 (Mc 10.46-52)
Melodia: Nestor Welzel, 1976
Cifras: Romildo Wrasse / Cícero Fr. Silva

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

1.
Em Jericó, à beira do caminho,
esmolava o cego Bartimeu.
Ao notar que muita gente ali chegava,
e ao saber que Jesus se aproximava,
pôs-se  a  clamar:
"Filho de Davi, tem compaixão de mim!
Senhor Jesus, tem compaixão,
tem compaixão de mim!"

2.
Chamai-o, diz, bondoso, o Nazareno.
Vem depressa o cego Bartimeu,
e responde, ao perguntar-lhe a eterna Graça:
"Bartimeu, que desejas que eu te faça?"
"Que eu torne a ver!"
"Filho de Davi, tem compaixão de mim!
Senhor Jesus, tem compaixão,
tem compaixão de mim!"

3.
Jesus é a luz, sem ele eu vivo em trevas;
sou igual ao cego Bartimeu.
O pecado, amigo, é  noite, é noite escura;
desse mal só Jesus liberta e cura.
Vamos clamar:
"Filho de Davi, tem compaixão de mim!
Senhor Jesus, tem compaixão,
tem compaixão de mim!"

4.
Fui libertado, e sigo a Jesus Cristo,
como fez, ditoso, Bartimeu.
Sou feliz, e enfrento, alegre toda a lida;
com prazer, ao Senhor consagro a vida.
Vivo a clamar:
"Filho de Davi, tem compaixão de mim!
Senhor Jesus, tem compaixão,
tem compaixão de mim!"

Partitura autorizada pela Editora Concórdia


sexta-feira, 10 de junho de 2016

Cordeirinhos de Jesus

Letra: Nestor Welzel, 1970 (Sl 23)
Melodia: Ó ciranda, cirandinha (cantiga de roda)

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

1.
Somos nós os cordeirinhos
de Jesus, o bom Pastor.
Ele cuida das crianças
com carinho e muito amor.

2.
Apascenta, em verdes campos,
seus cordeiros, com prazer.
e os conduz às águas calmas,
onde todos vão beber.

3.
Ele fica ao nosso lado,
ele quer o nosso bem;
abençoa as criancinhas,
abençoa os pais também.

4.
Com Jesus, o bom Amigo,
eu desejo sempre estar,
e, por toda a minha vida,
com Jesus eu quero andar.


Partitura autorizada pela Editora Concórdia

quinta-feira, 9 de junho de 2016

A Festa do casamento

Letra: Nestor Welzel, 1972 (Mt 22.1-14)
Música: Valdo Weber, 1997

[Mp3 e vídeos, assim que possível]

1.
Do filho o casamento,
um rei quis celebrar,
e com fartura e brilho
a festa realizar.
Deu ordem aos serventes:
Meus servos, ide já,
dizei aos convidados,
que tudo pronto está.

2.
Porém os convidados
preferem não ouvir.
Desprezam o convite,
porque não querem ir.
Irou - se o rei e disse:
- A festa preparei,
mas era indigna a gente
que as bodas convidei.

3.
Então falou aos servos:
- Por toda a parte andai;
nas ruas os mais pobres
à festa convidai!
Trocai seus velhos trajes,
por vestes festivais.
Terão as homenagens
de amigos meus, reais!

4.
Os pobres aceitaram
tamanha distinção.
À mesa se alegraram,
em  fraternal união.
É Deus o rei que chama
às bodas celestiais.
A pobres pecadores,
destina os bens reais.

5.
Há muitos que não entram
no reino celestial.
Desprezam o convite
e o traje festival.
Aceita, pois, amigo
a oferta do Senhor:
o manto da justiça
de Cristo, o Salvador!

Partitura autorizada pela Editora Concórdia


quarta-feira, 8 de junho de 2016

Bênção Irlandesa [Bênção da Irlanda]

Há muita procura por esta linda canção que tem muitas versões e traduções.
Um ótimo hino para encerramento do culto, desejando a bênção do Senhor aos que se despedem.

Aqui os recursos colecionados ou produzidos da Bênção Irlandesa

Letra e melodia: Autor desconhecido
Alterações na Letra: Vilson Scholz, 2014.

Playback e arquivos digitais: Jarbas Hoffimann

Letra:
1.
Que os teus passos sejam sempre firmes
e que o vento sopre a teu favor;
tendo a chuva sobre os verdes campos
ou brilhando o sol com seu calor.
Deus te guarde, Deus te guie,
te segure firme em sua mão.
Vai confiando, vai com alegria,
pois seus anjos te acompanharão,

2.
Firme seguindo pelo trilho certo,
sem perder o rumo para os céus;
agradecendo, e louvando a Cristo,
pelos muitos dons que dá aos seus.
Deus te guarde, Deus te guie,
te segure firme em sua mão.
Vai confiando, vai com alegria,
pois seus anjos te acompanharão,

3.
Que Deus te dê o pão de cada dia,
que isso nunca venha te faltar!
E ao chegar o dia de tu a morte,
Deus te acolha no celeste lar.
Deus te guarde, Deus te guie,
te segure firme em sua mão.
Vai confiando, vai com alegria,
pois seus anjos te acompanharão,

4.
Vamos em paz até que um novo dia
nos permita aqui nos abraçar.
Mesmo distantes, tendo alegria,
Deus, o Pai, queremos, pois, louvar.

Deus te guarde, Deus te guie,
te segure firme em sua mão.
Vai confiando, vai com alegria,
pois seus anjos te acompanharão,

Na pasta abaixo aparecerão os arquivos que formos "colecionando"... Fique atento. Siga-nos, ao lado, e vc será avisado quando houver alterações.

terça-feira, 7 de junho de 2016

O Semeador e a Colheita (1)

Letra: Nestor Welzel, 1971 (Mt 13.1-23; Lc 10.2)
Melodia: Valdo Weber, 1997
Segunda Voz: Jarbas Hoffimann, 20160201

mp3 para ensaio - uma estrofe (pode ser ouvida no celular, por exemplo)

voz feminina
voz masculina
duas vozes

Letra:

1.
Ao despontar o sol no Oriente,
o lavrador foi semear,
mas uma parte da semente,
no chão da estrada foi parar.
Por avezinhas foi comida;
assim não pôde produzir.
Perdeu-se mais semente boa,
pois sobre pedras foi cair.

2.
Caiu semente nos espinhos;
ali nasceu, mas não vingou.
Por espinheiros sufocada,
morreu e não frutificou.
Mas grande parte da semente,
em excelente chão caiu.
O lavrador, recompensado,
colheita boa conseguiu.

3.
Assim Jesus nos apresenta
o labutar do semeador.
Ao terminar, o Mestre explica
a história toda, e seu valor:
da santa Bíblia a sã palavra,
semente boa é, divinal.
Seus muitos frutos vão enchendo
celeiro imenso, celestial.

4.
Mas é preciso ter cuidado:
em terra ruim se perde o grão.
Não frutifica o Evangelho
no duro e ingrato coração.
Tem pena, ó Deus, e torna o mundo
igual ao solo que produz.
Será maior a safra eterna,
nos campos santos, junto à cruz.

Partitura (com autorização do Autor e da Concórdia Editora):



Videos para ensaio.

Vozes agudas ou femininas



Vozes graves ou masculinas



2 vozes

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Vida e Luz (1ª-a) [Sede luz do mundo]

Letra: Nestor Welzel, 1994, baseado em "Vida e Luz" de Antonio C. Gonçalves, 1951
Melodia: Nestor Welzel, 1974
Arranjo: Raul Blum, 1974


Texto Bíblico: Mt 5.14-16
mp3 para ensaio - uma estrofe (pode ser ouvida no celular, por exemplo)


Vídeo do Coral Castelo Forte em sua apresentação





Letra:
1.
Sede luz do mundo, como quer Jesus.
Muitos não entendem, do Calvário a cruz.
Muita gente chora, sem consolo achar.
Oh, fazei a todos, vossa luz brilhar!

2.
Sede luz do mundo, como quer Jesus.
Seja a vossa vida facho que reluz.
Grande luz acende, luz de fé e amor,
quem bondoso, atende pobre sofredor.

3.
Sede luz do mundo, como quer Jesus.
Acendei nas trevas do Evangelho a luz.
Nessa luz brilhante, com sorriso e ardor,
anuncia ao mundo, Cristo, o Salvador!

Partitura (com autorização do Autor e da Concórdia Editora):



Soprano para ensaio


Contralto para ensaio


Tenor para ensaio



Baixo para ensaio

domingo, 5 de junho de 2016

O fariseu e o publicano (1)

Letra: Nestor Welzel, 1971 (Lc 18.9-14)
Melodia: Nestor Welzel, 1972
Voz Masculina: Jarbas Hoffimann, 20160601
Cifras: Romildo Wrasse, 2007



mp3 para ensaio - uma estrofe (pode ser ouvida no celular, por exemplo)
O fariseu - 2 vozes | O fariseu - vozes femininas | O fariseu - vozes masculinas

Letra:
1.
Um publicano e um fariseu
vão adorar no templo.
Vão procurar favor do céu;
contou Jesus o exemplo.
O fariseu assim falou:
— Ó Deus, melhor que os outros sou.
Por Deus, não foi aceito.

2.
O publicano, longe, em pé,
de coração contrito,
sem levantar o rosto ao céu,
bateu no peito, aflito:
— Ó Deus, de mim tem compaixão!
Do mal que fez, pediu perdão,
e foi, por Deus, aceito.

3.
A nossa eterna salvação,
é pela fé em Cristo.
Vem, pois, amigo, ao Redentor,
e junta as mãos no peito:
“Ó Deus, de mim tem compaixão!
Senhor, imploro o teu perdão!”
Serás, por Deus, aceito.

Partitura (com autorização do Autor e da Concórdia Editora):


Voz Feminina para Ensaio



Voz Masculina para ensaio



2 vozes para ensaio